Download do Áudio do Amigo Estimado para zap
Tem um amigo estimado,que agora,virou viado,só anda engatando a ré,tá sempre nos buteco dando a bunda e falando mal das muié.
Meteu um brinco nas orelhas,ta raspando a sobrancelha,e se enojou de buc*ta.
É uma princesa sem trono,fica todo delicado.E é como diz o ditado:c* de bêbado não tem dono.
Esses dias a bixa infame,se agarrou no meu salame,quando me pegou mijando.
Recolhi a mixaria,e sem fazer covardia,pra ele fui explicando:Bom comedor eu me julgo,já comi muito refugo,mas com macho eu não me deito.Não vou me acabar contigo,que afinal é meu amigo,e c* de amigo eu respeito.
Não vamos mais sair juntos,já não temos mais assunto e pode até pegar mal.Se a gente tiver proseando,pode alguém ficar pensando que nós dois somos casados.
Então,estamos combinados:tu virou mesmo viado,e eu gosto só de mulher.Vou seguir comendo elas.Tu vai chupar mortadela e dar o c* pra quem quiser.
Agora que tu virou bixa,e ta cocando na salsicha,vou lembrar a cinderela.
Agarramento eu não topo,nem bebo no mesmo copo,não chupo p*u por tabela.
Desculpe pelo mal jeito,eu não tenho preconceito e nem tenho a cabeça imunda.
Só quero evitar boatos,pois pra mim é muito chato ter um amigo que dá a bunda.
Não quero que fique bravo,se tu resolver dar o rabo,então faça com vontade.Mas eu não vou comer tu,e vamos deixar o teu c* longe da nossa amizade.

Verso do Amigo Estimado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *